Post Blog: Gerenciamento de projetos: use a inteligência emocional a seu favorA maioria dos gestores não dispõe de tempo para realizar várias tarefas e, ainda, tomar decisões com tranquilidade. Por sorte, há algumas técnicas que tornam o trabalho de gerenciamento mais organizado. Estamos falando da inteligência emocional. Repare: quando falamos de grandes líderes, nos referimos a pessoas dotadas de habilidades interpessoais, não àquelas que usam a intimidação para conduzir a equipe, por exemplo.

A seguir, você vai saber quais são os benefícios de usar a inteligência emocional e como ela pode trabalhar a seu favor no gerenciamento de projetos. Acompanhe o nosso post:

O que é inteligência emocional

Segundo os psicólogos Peter Salovey e John D.Mayer, inteligência emocional é

a capacidade de monitorar seus próprios sentimentos e emoções, e os dos outros, isto é, distinguir entre eles e utilizar tal informação para orientar o pensamento e a ação de uma pessoa.

Esses dois artifícios são, basicamente, a peça fundamental daquilo que nomeamos, neste post, como inteligência emocional Além desse conceito, é importante, também, entender os estágios da inteligência emocional, listados a seguir:

  • reconhecer a si próprio;
  • regular a si próprio;
  • reconhecer o ambiente social;
  • regular o ambiente social.

A inteligência emocional, portanto, trata-se de práticas que visam melhorar a gestão de um líder nos âmbitos pessoal e profissional.

Falando dessa forma, pode parecer um processo simples, mas na realidade manter o equilíbrio entre esses quatro pilares pode ser mais difícil do que parece. Afinal, esse processo demanda prática, reflexão e determinação para potencializar os resultados do gerenciamento de projetos.

A inteligência emocional e o gerenciamento de projetos

Alguns estudos da psicologia na década de 1990 demonstraram que a capacidade de conhecer e regular as suas próprias emoções exige uma grande capacidade cognitiva — e, da mesma forma, demanda muita inteligência emocional. E com a evolução das soluções de gestão, passou-se a aplicar esses princípios da psicologia na prática empresarial.

Todo profissional que lida com gerenciamento de projetos vive, geralmente, experiências altamente estressantes. Por isso eles precisam delegar as tarefas e manter uma boa relação com a equipe. Nesse sentido, para criar um clima de união, o líder deve reconhecer as suas próprias emoções e, também, buscar compreender as emoções dos seus liderados.

As ferramentas que ajudam o gestor

Os softwares on-line para gerenciamento de projetos podem ajudar os gestores a organizarem cada projeto e as emoções de todos os envolvidos nos processos. Apesar de ser possível aprender com a experiência de cada novo projeto, há métodos que facilitam planos organizacionais de qualquer maneira.

Em outras palavras, conhecer profundamente a si próprio e as peculiaridades de toda a equipe é fundamental para obter o melhor que cada membro do time de colabores tem a oferecer. Por isso, é importante confiar e trabalhar a inteligência emocional.

Agora que você já sabe como usar a inteligência emocional a seu favor no gerenciamento de projetos, conte para nós: quais são os seus planos parar administrar a sua equipe de uma maneira mais eficaz? Deixe um comentário e compartilhe os seus conhecimentos com os nossos demais leitores!

O que é Gerenciamento de Projetos e como aplicar na sua empresa

Dicas fundamentais para organizar os Projetos de sua Organização

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Neste nosso webinar, vamos explorar a importância de organizar seus projetos para que você atinja melhores resultados.