Produtividade é o mesmo que sucesso. E quando falamos em produtividade não estamos apenas nos referindo a capacidade de produzir, mas sim de todos os aspectos que são relacionados a ela. Eficiência, eficácia e efetividade. Esses são os três pilares para mover qualquer empresa, já que não basta apenas produzir produtos, como também é fundamental realizar uma correta aplicação de recursos, acompanhar objetivos e, principalmente, mensurar todo o processo.

Uma das grandes dificuldades encontradas pelos empreendedores, no entanto, é justamente mensurar a produtividade. Muitos acabam adotando uma gestão reativa, apagando incêndios e se articulando de acordo com a maré. Sem saber exatamente como andam os seus processos internos, suas equipes e seus resultados, a tarefa de dominar a produtividade da gestão do empreendimento se torna ainda mais difícil. Para a sorte dos empreendedores, dominar esse aspecto tão importante não é difícil. Confira algumas dicas que preparamos para você logo a seguir:

Compartilhar metas

Esse definitivamente é um passo muito importante para o acompanhamento e a mensuração da produtividade. Afinal de contas, possuir metas claras, mensuráveis, realistas e temporais é o primeiro passo para sabermos exatamente onde queremos chegar. Conhecendo o marco zero e o marco final – que pode ser, por exemplo, a venda de 100 mil produtos – o empresário saberá se suas equipes estão conseguindo satisfazer os anseios da empresa no que se refere a produtividade. Lembre-se de que todas as metas precisam ser compartilhadas entre todos os setores, para que cada um deles criem cronogramas para conquistá-las e acompanhá-las.

Quantidade e qualidade

A quantidade e a qualidade são dois aspectos fundamentais no que tange a produtividade, e defini-los é imprescindível. Essa é uma fase importante do planejamento e ocorre antes mesmo do compartilhamento de metas.

A quantidade é um quesito simples: o empreendedor terá que definir, em números, quais são as suas metas, como vender determinada quantidade de produtos ou atingir determinado retorno financeiro.

A qualidade, por outro lado, envolve o setor de RH, fundamental para aprimorar a qualidade da equipe através de treinamentos para que todos saibam exatamente o padrão de qualidade que deve ser seguido.

Tempo de execução

Não é apenas os critérios quantidade e qualidade que precisam ser definidos, o tempo de execução também é fundamental para que o empreendedor acompanhe a produtividade da equipe. Para isso, ele deve observar o tempo médio de execução de tarefas praticadas pelo mercado e tomar como base a sua produtividade média. Esse é mais um critério para acompanhar a execução das rotinas na empresa, principalmente no nível operacional.

Mensuração

Por fim, uma importante técnica de mensuração que pode ser aplicada em qualquer empresa é o PLOCA (Planejar, Liderar, Organizar, Controlar e Ativar). Basicamente, essas são as 5 funções administrativas, definidas em uma ordem específica para que o empreendedor acompanhe cada uma das etapas e consiga identificar em qual momento existem desvios. É importante lembrar que o feedback é fundamental para conseguir realizar correções de rota.

Pronto para aplicar essas dicas no seu empreendimento? Como está a produtividade da sua equipe? Compartilhe com a gente suas estratégias para acompanhar e medir os resultados dos seus colaboradores!

Ganhe tempo organizando suas atividades corretamente

Dicas fundamentais para organizar o trabalho de sua equipe com uma boa Gestão de Tarefas

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Neste nosso webinar, vamos explorar a importância de organizar as atividades do dia a dia para que você gerencie melhor seu tempo e, com isso, conquiste não só melhores resultados para a sua empresa, como mais tempo para dedicar a você mesmo.