Gestão de equipes de alta performance: 9 estratégias para melhorar seus resultados

Gestão de equipes de alta performance: 9 estratégias para melhorar seus resultados

Escrito por Roberto Gil Espinha

25 Sep 2023

10 min de leitura

Imagem-destaque-gestão-de-equipes-de-alta-performance

O objetivo de toda empresa, líder ou equipe é sempre ser melhor e alcançar mais resultados, certo?

Mas, a dúvida que fica é como fazer isso. Para obter a alta performance é preciso de uma abordagem estratégica e direcionada. É ir além do que apenas esperar que as coisas aconteçam, adotando ações concretas.

Se você quiser descobrir quais as melhores estratégias e práticas para desenvolver uma equipe de alta performance nos projetos, esse texto é para você. Acompanhe!

Para começar, você realmente sabe o que é a alta performance?

O termo “alta performance” é muito usado nos discursos corporativos por ser uma palavra bonita e que soa bem, mas, na realidade, muitos não sabem o que ele realmente significa.

A alta performance geralmente é associada apenas a números impressionantes e resultados espetaculares. Embora esses resultados sejam de fato um de seus reflexos, eles são apenas a ponta do iceberg, porque a verdadeira essência da alta performance está nas ações, hábitos e padrões consistentes que permeiam as atividades diárias.

Ilustração-blog-alta-performance

Assim, a alta performance não é apenas um rótulo a ser colocado em uma equipe ou organização. Ela envolve uma mudança de mentalidade, uma abordagem estratégica e um compromisso coletivo para superar obstáculos e aprender continuamente.

O que são equipes de alta performance?

Uma equipe de alta performance é um grupo de profissionais especializados que colaboram e se desafiam mutuamente para produzir um trabalho além das expectativas.

Mas, obter resultados bons é o objetivo de qualquer equipe. Então, qual a diferença desse conceito?

O que diferencia uma equipe comum de um time de alta performance é mentalidade e o compromisso constante de otimizar processos, aprimorar habilidades e criar um ambiente que explore o potencial dos membros ao máximo.

Quer aprender mais sobre o que são equipes de alta performance? Confira nosso webinar completo sobre o assunto!

Características de uma equipe de alta performance

Uma equipe de alta performance é muito mais do que um grupo de pessoas trabalhando juntas. É um conjunto de características, dinâmicas e atributos que transformam o trabalho em excelência.

Algumas das principais características desses times são:

  • O líder exerce uma influência inspiradora, orientando em vez de comandar;
  • Os membros do time são autônomos, assumindo suas responsabilidades;
  • Há busca por aprimoramento e aquisição constante de novas habilidades;
  • Há a promoção de uma cultura que incentiva a resolução de problemas;
  • Cada ação é fundamentada nos pilares da empresa e em estratégias de negócio;
  • Sabem gerir o tempo e tomar decisões embasadas.
  • Constantemente superam metas e entregam resultados além do esperado.

Muitos fatores importantes, não é?

Em resumo, a principal característica que leva uma equipe à alta performance é o ENGAJAMENTO. Afinal, é a vontade de crescer e melhorar um pouquinho a cada dia que possibilita um fluxo de trabalho mais eficiente e produtivo.

Mas, cuidado!

Ter esse engajamento é extremamente importante, mas, quando isso ainda não está incorporado na cultura organizacional, pode se tornar uma cobrança excessiva e ter um efeito contrário na equipe. Entenda mais:

 

Alta performance X Trabalho orientado a resultados

Embora a busca por resultados extraordinários seja desejável, é importante lembrar que a alta performance é uma jornada contínua, não um objetivo final.

Colocar muita pressão sobre uma equipe para alcançar resultados extraordinários a todo custo leva ao esgotamento e à redução da qualidade do trabalho. Por isso, é essencial equilibrar o incentivo ao alto desempenho com a criação de um ambiente que promova o aprendizado.

Dessa forma, o foco deve ser a melhoria contínua e não um resultado pontual.

Ilustração-blog-lei-de-Yerkes-Dodson

Agora que você já sabe o que é e o que não é a alta performance, confira as melhores estratégias para construir uma equipe com desempenho acima da média e equilibrada.

9 estratégias para desenvolver equipes de alta performance

Alcançar a alta performance não é apenas uma questão de reunir indivíduos talentosos. É uma conquista que depende da gestão de projetos eficaz e da construção de uma cultura organizacional sólida, centrada no aprimoramento contínuo e no alcance de resultados extraordinários.

Por isso, os gestores devem:

1. Montar uma equipe com as pessoas certas

A construção de uma equipe de alta performance começa na seleção e recrutamento. Isso envolve selecionar indivíduos que não apenas possuam as habilidades técnicas necessárias, mas também se encaixem bem na dinâmica da equipe.

Então, leve em consideração elementos além do currículo, como a personalidade, perfil comportamental e a capacidade de trabalho em equipe dos candidatos.

2. Defina objetivos, mas não se limite a eles

Estabelecer objetivos claros é fundamental para guiar o trabalho da equipe. Mas, é importante reconhecer que alcançá-los envolve um processo contínuo de aprendizado e adaptação.

Definir objetivos SMART (específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais) é uma maneira inteligente de detalhar o trabalho e manter a equipe focada durante a execução.

3. Desenvolva uma cultura organizacional de alto desempenho

A cultura organizacional define os valores e princípios fundamentais da empresa. Certifique-se de que a cultura da organização seja coerente com a busca por alta performance, promovendo valores como excelência, responsabilidade, colaboração e aprendizado contínuo.

| Quer saber como construir uma cultura organizacional condizente com seus objetivos? Baixe o e-book de cultura organizacional em projetos!

4. Incentive uma cultura data-driven

Uma cultura data-driven coloca os dados no centro das decisões, envolvendo a coleta, análise e interpretação dos dados relevantes para o projeto. Isso significa que as escolhas são feitas de forma mais estratégica e assertiva.

5. Invista em capacitação

A formação e o desenvolvimento contínuo dos membros da equipe são essenciais para manter a alta performance ao longo do tempo. Isso pode incluir treinamentos técnicos, cursos de desenvolvimento pessoal e oportunidades de aprendizado.

6. Estimule práticas de Team Building

Um dos princípios da alta performance é a colaboração. O Team Building envolve atividades e estratégias que visam fortalecer os laços entre os membros da equipe e criar um ambiente de trabalho onde os membros se sintam motivados para alcançar objetivos comuns.

Então, promova exercícios de confiança, eventos sociais, momentos de troca de conhecimento, atividades colaborativas e exercícios de resolução de problemas.

7. Estruture processos de feedbacks

O feedback regular é crucial para o aprimoramento contínuo. Crie processos formais para fornecer feedback construtivo aos membros da equipe, reconhecendo o bom desempenho e identificando áreas de melhoria. Isso ajuda a equipe a aprender com os erros e a aprimorar suas habilidades.

8. Reconheça e recompense bons resultados

Além de fornecer um feedback, ao atingir bons resultados é interessante aplicar reconhecimentos formais e recompensas, pois isso gera mais motivação ao time. Isso pode incluir elogios públicos, bônus, promoções ou reconhecimentos de conquistas individuais e coletivas.

9. Estabeleça processos transparentes

A transparência na comunicação é fundamental para manter a confiança da equipe. Isso envolve compartilhar informações relevantes, metas, progresso e desafios de forma aberta e honesta.

Além disso, facilite o trabalho da equipe, com a simplificação de processos, ferramentas adequadas e eliminação de obstáculos. Isso inclui automatizar tarefas rotineiras, fornecer recursos adequados e garantir que os membros da equipe tenham o suporte necessário.

Mas, aí você pode se perguntar: como colocar todas essas estratégias em prática? A maneira mais eficaz é contar com a tecnologia!

| Leia também: inteligência artificial na gestão de projetos

Principal aliada da gestão de alta performance: tecnologia

Em um mundo cada vez mais orientado pela digitalização e pela inovação, a gestão de alta performance não pode ignorar o papel fundamental que a tecnologia desempenha. Com a tecnologia é possível ter:

Comunicação mais rápida e inclusiva

Plataformas de comunicação digital, como e-mails, mensagens instantâneas e redes sociais corporativas, tornam mais fácil compartilhar informações e manter a equipe atualizada sobre metas, progresso e desafios.

Colaboração e alinhamento da equipe

Ferramentas de agenda de equipe e ambientes corporativos permitem que todos os membros do time tenham visão acerca do trabalho e se mantenham na mesma página. Isso promove práticas de team building, aproxima os membros da equipe e possibilita o apoio coletivo.

| Leia também: por que você precisa de um software de agenda para equipe?

Mais transparência no trabalho

Softwares de gerenciamento de atividades permitem que as equipes estabeleçam e acompanhem objetivos de maneira eficaz, visualizando o progresso e ajustando estratégias conforme necessário. Além disso, a transparência nas atribuições de tarefas e responsabilidades evita confusões e promove um ambiente de trabalho focado nos resultados.

Treinamentos mais frequentes

Plataformas de aprendizado online oferecem cursos e treinamentos acessíveis a qualquer momento, permitindo que os membros da equipe continuem se desenvolvendo em suas áreas de interesse.

Acesso rápido e completo aos dados

A tecnologia oferece uma ampla gama de ferramentas de análise de dados que podem ajudar as equipes a coletar, analisar e interpretar dados relevantes para a tomada de decisões informadas. Além disso, muitas plataformas geram relatórios e dashboards que otimizam ainda mais essa análise.

Um verdadeiro aliado, né? Mas, a verdadeira dica vem agora!

Existem inúmeras ferramentas tecnológicas que facilitam muito o fluxo de trabalho e ampliam o desempenho da equipe. Mas, utilizar várias plataformas, às vezes, pode dificultar o controle das atividades e a adaptação do time. Por isso, nossa dica é que você invista em uma plataforma completa e que centralize todos esses elementos, como o artia!

DICA! Gestão de alta performance com o artia

O artia é um robusto software de gestão de projetos, tarefas e equipes. Com recursos avançados de planejamento, acompanhamento e colaboração, esta ferramenta oferece uma visão abrangente dos projetos, permite que você tome decisões informadas e otimiza o desempenho da sua equipe.

Confira alguns desses recursos:

  • Comentários: incentive a interação entre a equipe, compartilhe ideias e forneça feedbacks em tempo real. Tenha mais colaboração e uma comunicação eficaz com a troca de informações rápida e clara.
  • Kanban: Visualize o fluxo de trabalho de maneira intuitiva e ganhe maior transparência ao organizar as tarefas em quadros com base em seus status.
  • Agenda: tenha uma visão consolidada das atividades de todos os membros da equipe. Evite conflitos de agendamento e aloque os recursos de forma equilibrada, garantindo uma gestão de tempo eficiente.
  • Dashboards personalizáveis: Aprimore a tomada de decisões ao acessar métricas essenciais e indicadores de desempenho em tempo real. Esteja constantemente informado e capacitado para apoiar sua equipe de forma estratégica.

Com o artia, a gestão de alta performance se torna acessível e eficaz. Não perca mais tempo com processos desorganizados e ineficientes, faça um teste gratuito na plataforma e potencialize o desempenho da sua equipe!

Roberto Gil Espinha
Com mais de 20 anos de experiência em projetos com especial ênfase em Finanças e TI, vários destes como executivo da Datasul, atual Totvs. Atualmente é sócio Diretor da Euax, e lidera a equipe que desenvolve e comercializa o Artia, uma ferramenta inovadora voltada para a Gestão de Projetos. Também atua como consultor em empresas na estruturação de seus processos e metodologias de gestão de projetos, infra de TI e na adoção de boas práticas de engenharia de software. Bacharel em Administração de Empresas, com especializaçõe em Gestão Empresarial pela FGV-RJ e em Engenharia de Software pela PUC-PR. Certificado PMP e PMI-ACP pelo PMI, ITIL Foundation pelo EXIM e CSM, CSP pela Scrum Alliance.