A competitividade acirrada, as exigências de mercado e a busca incessante por diferenciais estratégicos fazem com que as empresas tenham uma postura mais proativa no desenvolvimento de projetos, correndo contra o tempo para lançar soluções inovadoras a todo instante.

Gerir pessoas não é tarefa fácil, e todo gerente de projetos sabe disso. Uma das dificuldades dessa posição de liderança é como resolver conflitos entre a equipe em um projeto, esses inevitáveis momentos em que a calma, a inteligência emocional e o bom senso devem prevalecer. Se você já passou por uma situação de conflito e ficou na dúvida de como agir ou ainda não teve essa experiência, mas se preocupa com o momento em que ela chegar, este post é para você. Vamos levantar os principais motivos de conflitos em projetos e como você pode solucioná-los. Leia:

O que leva a um conflito entre a equipe em um projeto

O principal causador de conflitos em projetos se chama ser humano. Cada pessoa tem um perfil diferente: alguns mais extrovertidos, outros introvertidos; uns comprometidos com o trabalho, outros nem tanto. Isso significa que os valores de cada pessoa são diferentes e que a inteligência emocional de cada um é diversa, então é preciso saber trabalhar com cada tipo de personalidade para evitar conflitos.

Um cliente insatisfeito com o atraso do projeto, um membro da equipe que não se dá bem com os demais, um time pouco comprometido, uma decisão do gerente de projetos mal interpretada. Tudo isso pode ser um gatilho para um conflito, basta que as pessoas não estejam alinhadas com relação a suas expectativas ou que a comunicação não esteja tão bem quanto parece. E como resolver conflitos dessa natureza?

6 dicas de como resolver conflitos em projetos

Cada conflito exige uma postura diferente por parte do gerente de projetos. Se o problema é com o cliente, você não pode simplesmente repreendê-lo para proteger a sua equipe; se o problema é entre colegas de trabalho, não dá para falar na frente de todo mundo; se o problema é com você, antes de qualquer coisa é preciso refletir para entender o que está acontecendo. Sendo assim, respire fundo, mantenha a calma e tome essas atitudes:

Identifique a causa do conflito

O conflito é pessoal, profissional, de poder? O que originou a discórdia? É possível voltar atrás?
Aja rapidamente
Não deixe que o conflito se prolongue. Quanto mais tempo você levar para admitir que há um problema, mais difícil será de solucioná-lo.

Ouça todos os envolvidos

Cada pessoa conta a história de acordo com seu próprio ponto de vista, o que não significa que esteja errado. Portanto, cabe a você ouvir todos os envolvidos e ponderar sobre quem é o responsável, quais são as causas e como resolver o problema. Você é o juiz, então aja com imparcialidade.

Mantenha o foco na solução

De nada adianta ficar tentando achar culpados. O melhor a fazer é focar na solução para que o conflito acabe e todos possam voltar aos seus afazeres o mais rápido possível.

Reflita antes de discutir

Se o conflito é com você, não discuta no momento da raiva. Peça licença, dê uma volta, reflita sobre a situação e volte para conversar calmamente.

Assuma seus erros

Líderes também erram e pedir desculpas à sua equipe não é sinal de fraqueza, muito pelo contrário. Se o conflito foi ocasionado por uma falta sua, assuma a responsabilidade, desculpe-se e bola para frente.

Perceba os sinais

Conflitos não explodem de uma hora para outra. Existem sinais que, quando observados com cuidado, podem ajudar a resolver um conflito iminente antes que as coisas piorem. Fique de olho na sua equipe e, ao menor sinal de conflito, converse.

E você, quais são as suas táticas de como resolver conflitos em seus projetos? Gostaria de acrescentar alguma dica à nossa lista? Deixe seu comentário!

Ganhe tempo organizando suas atividades corretamente

Dicas fundamentais para organizar o trabalho de sua equipe com uma boa Gestão de Tarefas

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Neste nosso webinar, vamos explorar a importância de organizar as atividades do dia a dia para que você gerencie melhor seu tempo e, com isso, conquiste não só melhores resultados para a sua empresa, como mais tempo para dedicar a você mesmo.