Scrum-gestão-de-projetos-metodologia-ágilA competitividade acirrada, as exigências de mercado e a busca incessante por diferenciais estratégicos fazem com que as empresas tenham uma postura mais proativa no desenvolvimento de projetos, correndo contra o tempo para lançar soluções inovadoras a todo instante.

E é nesse contexto que nasceu o Scrum, um framework que tem revolucionado a maneira de conduzir projetos inseridos em ambientes de alta complexidade. Mas afinal, o que é Scrum? Como ele se aplica à gestão de projetos?

O que é Scrum

O termo Scrum foi emprestado do jogo de rugby e representa uma formação em que oito membros do time interagem como se fossem uma muralha para que os demais possam avançar. Essa estratégia, chamada de cross-functional, permite que cada membro da equipe utilize as suas competências para atingir um objetivo em comum.

Por isso o termo Scrum foi adotado para representar um conjunto de melhores práticas para gestão de projetos de alta performance — onde são adotadas equipes reduzidas e multifuncionais, e cada membro assume uma função dentro de cada jogada (sprint) para atingir o objetivo final do projeto.

Inicialmente criado para a gestão de projetos de software, hoje o Scrum é utilizado por centenas de empresas e profissionais para dar agilidade ao desenvolvimento de projetos das mais variadas naturezas, contribuindo para melhorar a satisfação dos clientes e a aderência do produto final às reais necessidades de mercado.

Como funciona o framework Scrum

No Scrum, o planejamento acontece por iterações, ou sprints, que são ciclos com duração de 2 a 4 semanas. Pensando no desenvolvimento de um software, cada sprint refere-se a uma funcionalidade, que deve ser entregue ao cliente em perfeitas condições de usabilidade ao final de cada ciclo.

Tudo começa com o Product Backlog, que é a lista de funcionalidades a serem desenvolvidas ao longo do projeto. Essas funcionalidades são classificadas por ordem de prioridade pelo Product Owner, visando entregar primeiro aquelas funcionalidades que geram maior valor de negócio para o cliente.

Depois de definido o Product Backlog, no início de cada sprint, as atividades inerentes a cada funcionalidade são transportadas para a sprint Backlog, ou seja, o documento de planejamento em que são determinados os requisitos e atividades a serem cumpridos dentro da sprint. Essas atividades são distribuídas pelos membros do Time Scrum, que darão sequência ao desenvolvimento da solução.

Tudo o que precisa para gerenciar o Product Backlog em sua organização

A utilização de metodologias ágeis tem gerado resultados positivos para as equipes envolvidas no gerenciamento de projetos e para as empresas patrocinadoras das ações

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Segundo dados da Scrum Alliance, 62% de todos os projetos envolvendo a metodologia Scrum são bem-sucedidos. Outro estudo, conduzido pela PwC, indica que gerenciar os projetos através de métodos ágeis são 28% mais exitosos que os tradicionais.

Por dentro da sprint

Como dissemos, a sprint é um ciclo de 2 a 4 semanas em que uma funcionalidade do projeto é desenvolvida. A cada novo dia de trabalho, o Time Scrum se reúne com o Product Owner e com o Scrum Master para avaliar o que foi feito no dia anterior e dar o pontapé inicial para as próximas atividades.

Temas como dificuldades encontradas, oportunidades identificadas, ajustes e necessidade de recursos são tratados durante essa reunião diária chamada de Daily Scrum, que não ultrapassa 15 minutos de duração.

Ao final de cada Sprint, é marcada uma nova reunião, a Sprint Review, para destacar os ajustes necessários ao produto, bem como fazer um outro debate, chamado de Sprint Retrospective, que tem como objetivo aprimorar o processo de trabalho, constatando oportunidades de melhoria.

Procurando um software de Gestão Ágil de Projetos que permita você usar um Gerenciar Scrum em sua organziação? Conheça e teste o Artia por 10 dias gratuitamente.

Quem são os jogadores no Scrum

Até aqui você já deve ter percebido que falamos em três figuras importantes no Scrum: o Product Owner, o Scrum Master e o Time Scrum. Entenda agora quem é quem é como eles contribuem para vencer cada jogo. Ops… Projeto!

Product Owner

É o responsável por determinar o Product Backlog e priorizar as funcionalidades a serem desenvolvidas. Seu objetivo primordial é garantir o sucesso do projeto.

Scrum Master

É um profissional com profundos conhecimentos sobre o que é Scrum e suas melhores práticas. Seu objetivo é orientar o Time Scrum na condução dessas melhores práticas, otimizando tempo e recursos. É importante ressaltar que, por mais que o gerente de projetos possa assumir o papel de Scrum Master, seu objetivo não é o de gerenciar a equipe, mas sim de orientar e facilitar o trabalho dela.

Time Scrum

É a equipe responsável pelo desenvolvimento do projeto. No Scrum, trabalha-se com equipes multidisciplinares e autogerenciáveis, o que significa que os membros do Time Scrum não precisam de supervisão. Eles entendem suas atividades, papéis e responsabilidades e se auto-organizam para desenvolvê-las com primazia.

Gostou do nosso post? Então assine nossa newsletter. Também nos acompanhe no Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.



Guia Completo para Implementar o Scrum na sua Empresa

Vamos te ajudar a dominar a arte do Scrum! Confira nosso e-Book e siga passo-a-passo.

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Um gerenciador que oferece todo o apoio que você precisa para implantar e acompanhar o Scrum para coordenar o trabalho de sua equipe. Utilize Gestão Ágil para uma postura mais proativa e dinâmica nos seus projetos.