Habilidades gestor de TI

Um bom líder de TI não é mais reconhecido apenas por ter um cargo na alta hierarquia empresarial, mas sim pelo nível de influência e prestígio que ele possui dentro da organização. No entanto, para conquistar e manter essa influência – tão importante para a área de tecnologia da informação – é preciso adotar e manter certos hábitos dentro da empresa.

Quer saber quais são esses hábitos? Acompanhe nosso texto!

Mas primeiro, vamos esclarecer:

O que é um líder de TI influente?

Segundo o dicionário, influente é um adjetivo atribuído a alguém que exerce influência e possui prestígio dentro de um determinado ambiente. Nesse sentido, um líder de TI (CIO) influente é uma pessoa cuja opinião é decisiva para todas as grandes mudanças da empresa, exatamente por ser respeitado e admirado por todas as demais áreas de negócio.

A influência é uma importante habilidade para os líderes de TI, justamente porque a área de tecnologia da informação é um departamento central dentro da organização, que participa das principais decisões e mudanças dentro da empresa, incluindo a própria execução da estratégia empresarial. Assim, quando se é um líder de TI influente, essas mudanças, inovações e demais solicitações são mais facilmente aceitas porque há o apoio de pessoas importantes dentro da organização.

Esse assunto está sendo muito discutido ultimamente porque todos os estudos apontam para um crescimento da influência dos CIOs (Chief Information Officer) dentro das organizações, e já há inclusive quem diga que esse cargo poderia ser facilmente renomeado para Chief Influencer Officer.

Quais os 7 bons hábitos de líderes de TI influentes?

 

Constroem relacionamentos com diversas áreas do negócio

Não é possível ser influente sozinho, não é? Cultivar um bom relacionamento com as diversas áreas do negócio é fundamental para construir essa rede de relações que poderá fazer toda a diferença nas reuniões de gestão e nas tomadas de decisão. Além disso, construir um bom relacionamento também é fundamental para que os outros departamentos desenvolvam empatia pela área de tecnologia da informação e compreendam a realidade do trabalho desse setor.

 

Apresentam indicadores que mostram o valor da TI

Não basta apenas falar, é preciso fazer. Mais do que isso: é preciso mostrar. Por isso, gerar indicadores de TI que realmente mostrem como a área de tecnologia da informação agrega valor para o negócio é importante para reforçar a importância da TI para a organização e como a boa liderança desse departamento afeta positivamente toda a empresa.

Leia também: Conheça os 5 principais indicadores de gerenciamento de projetos.

 

Estão sempre estudando

Ninguém vai confiar na opinião de uma pessoa que não estudou muito ou que não está atualizado sobre as novas informações do mercado, não é? E isso não é nenhuma exclusividade do líder de TI, se aplica a todas as áreas da organização. Por isso, estudar e buscar novas informações vai muito além de um hábito, é algo que deve fazer parte do perfil do profissional responsável pela área de tecnologia da informação.

Além de ser importante para que o CIO tenha mais embasamento na hora de defender suas ideias e, por isso, tenha voto de confiança dos demais membros da organização, ainda auxilia para a gestão do conhecimento, isto é, para que o líder consiga passar as informações adiante e assim contribuir com a capacitação da equipe de TI.

Aproveite e confira a nossa biblioteca de conteúdos com materiais sobre TI e gestão de projetos para começar a expandir seus conhecimentos.

 

Buscam melhorias nos processos da organização

Promover a melhoria dos processos da organização é um dos principais objetivos da área de tecnologia da informação. No entanto, é muito comum que a TI se transforme apenas em um departamento reativo, que só resolve as demandas que recebe e não consegue colaborar estrategicamente com a empresa.

Por isso, a busca por melhorias nas áreas de negócio deve ser um hábito do líder de TI, assim, todas as pessoas podem sentir na própria rotina de trabalho o quanto esse departamento faz a diferença e, logicamente, o líder de TI passa a ser mais prestigiado.

Leia também o nosso texto sobre Como identificar problemas e evitar incêndios dentro do departamento de TI de uma organização.

 

Consideram a opinião de outras pessoas

Ser influente e prestigiado dentro da organização não significa que o líder deve ser arrogante e prepotente, pelo contrário. Ele só conseguirá manter a influência desejada se houver diálogo com os líderes e colaboradores das demais áreas de negócio. Afinal, não é possível construir um debate ouvindo apenas as mesmas opiniões, não é mesmo? E para isso, é claro, ele precisa ter uma boa comunicação.

 

Têm uma boa comunicação

Como te contamos no tópico anterior, manter um diálogo com todas as áreas do negócio é muito importante e para isso o líder de TI deve ter uma boa comunicação. No entanto, quando falamos de boa comunicação não estamos falando apenas de conseguir manter uma conversa com todos os departamentos, mas sim de ser transparente, consultar os demais líderes e dar satisfações de tudo que afete as outras áreas também.

 

Pensam como um CEO

Pensar como um CEO significa pensar com uma visão de negócio, e não com uma visão departamental. Tendo esse pensamento coletivo, o líder de TI passa a ter o feeling de se envolver mais com as outras áreas de negócio, entender seus problemas e buscar melhorias para eles. O que nos leva de volta ao nosso primeiro tópico: a construção de relacionamentos dentro da organização.

Gostou do nosso post? Então assine nossa newsletter. Também nos acompanhe no Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.


Tudo o que você precisa saber para otimizar Gestão de Projetos em TI

Viu só como líderes de TI influentes podem fazer a diferença dentro de uma organização? Se você quer construir esse perfil dentro da sua empresa, comece aprimorando seus conhecimentos através da leitura do nosso e-book.

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Fazer a gestão de projetos para que a área de TI atinja ou supere as metas e objetivos de negócio estabelecidos pelo líder. Na teoria, otimizar essa gestão é algo simples. Basta que o gestor seja um líder para a sua equipe, utilize as melhores ferramentas, tenha um bom prazo para executar as tarefas e possa contar com métodos e processos bem definidos, garantindo eficácia e agregando mais valor para sua empresa.