Aprenda a fazer o acompanhamento de projetos sem erros

Aprenda a fazer o acompanhamento de projetos sem erros

Escrito por Roberto Gil Espinha

15 Feb 2023

6 min de leitura

Como fazer acompanhamento de projetos sem erros? 

Para realizar um acompanhamento de projetos sem erros é preciso usar alguns recursos bases, como a implementação de uma rotina de acompanhamento, dados de performance e o acompanhamento recorrente do projeto.

Fazer o planejamento de projetos pode parecer um bicho de sete cabeças, mas é bastante simples e que você não pode pular.

A dica é ter uma cultura de comunicação com a equipe e visão de tudo o que está acontecendo, especialmente as entregas e tarefas.
Para dar mais clareza ao acompanhamento de projetos e não ter erro, nós separamos 7 dicas abaixo. Confira:

1. Implemente uma rotina de acompanhamento

Depois de planejar seu projeto e vislumbrar o que você espera dele, é preciso monitorar os prazos e os gastos que ele trará e de quais recursos você precisa para sua conclusão.

A partir disso, é preciso que você crie uma rotina de verificação periódica, de acordo com as necessidades da equipe e a complexidade do projeto.

Essa verificação pode ser diária ou até mensal; tudo depende de como o trabalho caminha e de quantos detalhes ele dispõe.

Para facilitar, crie uma checklist e compartilhe-a com toda a equipe envolvida. Essa é uma forma de gerenciar as métricas e entender o que foi feito perante o que foi pensado, evitando que a equipe deixe de entregar alguma etapa por falta de informação.

Com essa rotina, é possível que você tenha respostas rápidas para possíveis erros e atrasos, evitando que surja um gargalo próximo à entrega.

Abaixo nós separamos um material feito exatamente para isso. Clique no banner para baixar grátis.

Checklist para ajudar a gerenciar projetos do início ao fim

2. Adote os KPIs necessários

Depois de planejar seu projeto e vislumbrar seus objetivos, é preciso que você entenda quais indicadores podem orientar o andamento do trabalho.

São os chamados KPIs (Key Performance Indicator), que ajudam você a entender como o projeto está evoluindo e quanto falta para que ele seja entregue de forma excelente e dentro das metas.

Esses indicadores de performance devem ser mensuráveis, ou seja, fáceis de medir. Além disso, é preciso que as metas sejam possíveis, caso contrário, você terá uma equipe desmotivada e que não as cumpre.

3. Colete os dados do projeto

Não se esqueça de coletar os dados para analisar o andamento do seu projeto. Isso é possível por meio de ferramentas de inteligência, que ajudam o gestor a captar dados e informações de forma prática e bastante precisa.

Essas ferramentas de BI (Business Intelligence) ajudam você a identificar padrões e erros que não seriam identificados no “olhômetro”.
É possível, por exemplo, entender um erro que acontece com frequência e evitar que ele se repita.

É um ótimo recurso na hora de detectar falhas, antecipando a sua equipe a respeito do que não pode acontecer, para não atrasar as atividades.

4. Compartilhe as informações

Todas as informações a respeito do acompanhamento do projeto devem ser compartilhadas com a equipe responsável por ele.

Isso é essencial para que os responsáveis cheguem a um acordo a respeito de evitar falhas e fazer com que o projeto caminhe conforme planejado.

As reuniões, tão temidas e subestimadas, podem ser bons recursos para essa discussão. Também é válido que você ofereça outros canais de informação, promovendo a troca de soluções e experiências.

Lembre-se de que a diversidade de uma equipe pode ser bastante produtiva e esclarecedora, por isso, tire o máximo dos seus colaboradores.

Você pode disponibilizar fóruns online, chats, grupos no WhatsApp e outras ferramentas internas de mensagens instantâneas. Isso colabora com a harmonia da equipe e ajuda na motivação do trabalho.

Para você que está querendo diminuir o retrabalho com uma comunicação de projetos mais assertiva, confira o webinar preparado pela nossa equipe!

5. Foque os seus objetivos

Em todas etapas do seu projeto, do começo ao fim, não se esqueça de manter o foco nos objetivos traçados e na constante melhoria do seu trabalho.

É importante vislumbrar o futuro e utilizar os erros do passado como aprendizado, evitando que eles se repitam e progredindo diariamente.

Se alguma falha aconteceu, converse com a equipe sobre uma forma de compensar o cliente, se certificando a respeito da sua satisfação com o que foi desempenhado na sua gestão.

Você pode adotar ferramentas que informem o progresso do projeto em uma linha do tempo, com todas as tarefas desempenhadas e com informações a respeito da produtividade dos seus colaboradores.

Esses dados são fáceis de visualizar e ajudam a equipe a enxergar os erros cometidos, evitando sua repetição e ficando cada vez mais próxima à excelência.

6. Seja proativo nos ajustes

Não podemos dizer que um projeto não terá falhas; isso é praticamente impossível. Entretanto, para minimizar os problemas causados por elas, é preciso que gestor e equipe sejam proativos na hora de corrigi-las.

Utilizando as ferramentas e recursos que você tem à sua disposição, identifique os erros e aja imediatamente para contorná-los.

Essa proatividade, além de ser eficaz no trabalho da equipe, mostra ao cliente sua disposição em entregar aquilo que foi exigido.

Esse comprometimento depõe muito a seu favor como gestor, além de ajudar na objetividade e no combate à procrastinação.

7. Escolha os melhores caminhos

Quando você analisa os objetivos que foram traçados em conformidade ao pedido do cliente, é possível identificar a melhor forma de atingi-los.

Entendendo o propósito do projeto, é possível escolher e tomar as melhores decisões, evitando os erros que já foram cometidos e tomando novos rumos.

É importante, também, que sua equipe esteja focada na exigência do cliente e que aprenda a experimentar novas soluções para o que ele precisa.

Isso estimula a criatividade e auxilia no comprometimento do grupo, que se sente realmente parte de um grande projeto.

O acompanhamento de projetos é importante para que você consiga “vender seu peixe” e trabalhe sem desperdiçar recursos e talentos.

Somente essa vivência proporciona o entendimento a respeito das melhores ferramentas e formas de medir o status do projeto e de trabalhar.

Entender os indicadores de sucesso e evitar falhas é primordial para qualquer gestor, por isso, invista nessa prática e adote essas dicas agora na sua rotina de trabalho.

Acompanhamento dos projetos com uma ferramenta especializada

O acompanhamento dos projetos sem erro também pode ser possível através de uma ferramenta de gerenciamento.

Depois de ajustar a parte interna, de comunicação, equipe e visão, a tecnologia pode entrar como uma aliada, neste caso, com o Artia, o software de gestão de projetos.

Com as nossas soluções você vai conseguir ver todas as etapas do projeto, inclusive impedimentos, com Gráfico Gantt, Kanban, KPIs e muito mais.

Faça um teste grátis e confira a melhor ferramenta para visão completa de prazos, entregas e decisões rápidas para entrega de projetos mais lucrativos.

 

Roberto Gil Espinha
Com mais de 20 anos de experiência em projetos com especial ênfase em Finanças e TI, vários destes como executivo da Datasul, atual Totvs. Atualmente é sócio Diretor da Euax, e lidera a equipe que desenvolve e comercializa o Artia, uma ferramenta inovadora voltada para a Gestão de Projetos. Também atua como consultor em empresas na estruturação de seus processos e metodologias de gestão de projetos, infra de TI e na adoção de boas práticas de engenharia de software. Bacharel em Administração de Empresas, com especializaçõe em Gestão Empresarial pela FGV-RJ e em Engenharia de Software pela PUC-PR. Certificado PMP e PMI-ACP pelo PMI, ITIL Foundation pelo EXIM e CSM, CSP pela Scrum Alliance.
Nenhum comentário ainda!

Seu e-mail não será publicado.