Certificações SCRUM: conheça as 11 melhores e saiba qual escolher!

Ultima atualização em: 18|05|2020

Quando se fala em gestão de projetos, ter uma certificação SCRUM pode abrir muitas portas e contribuir bastante com a carreira do gerente de projetos, seja ele iniciante ou experiente.

Porém, escolher a certificação mais adequada pode ser uma tarefa difícil se você não conhece-las a fundo. Para te ajudar nisso, separamos e explicamos as 11 certificações SCRUM mais conhecidas do mercado — assim, você conseguirá estudar as vantagens e desvantagens de cada uma e escolher a que mais se adequa ao seu perfil profissional.

Boa leitura!

PMI-ACP®

A certificação Agile Certified Practitioner, conferida pelo PMI (Project Management Institute), é uma das mais criteriosas e difíceis de conseguir e, consequentemente, uma das mais reconhecidas entre as certificações SCRUM. Como toda certificação do PMI, ela exige várias horas de experiência em gestão de projetos e deve ser renovada depois de um período de tempo.

O diferencial dessa certificação fica pelo benefício de certificar o profissional em várias metodologias ágeis além do Scrum, como Kanban, eXtreme Programming, TDD, FDD e outras.

Os requisitos dessa certificação envolvem:

  • Participar de um curso de no mínimo 21 horas sobre metodologias ágeis (que não precisa ser credenciado pelo PMI);
  • Comprovar 2.000 horas de experiência geral em projetos (se você for certificado PMP, o PMI entende que você já cumpriu esse requisito, então não é preciso comprovar novamente);
  • Comprovar 1.500 horas de experiência em projetos utilizando metodologias ágeis obtidas nos últimos 3 anos;
  • Obter aprovação no exame específico para a certificação.

Para prestar o exame, é preciso pagar uma taxa no valor de U$495, e para renovar a certificação (depois de 3 anos) o valor é de U$150.

ASF® pelo EXIN

Os profissionais que desejam testar seus conhecimentos sobre os princípios ágeis e a metodologia Scrum e já participam de projetos na área são o público alvo da certificação ASF® (Agile Scrum Foundation) do EXIN.

Se você trabalha com projetos de desenvolvimento de software ou gerenciamento de serviços de TI, a credibilidade da certificação será especialmente útil, afinal, o EXIN é uma instituição certificadora da área mundialmente reconhecida.

O processo de certificação é flexível, sendo obrigatória apenas a realização de um teste online monitorado por webcam. Para preparar-se para este exame, o candidato pode optar por participar de cursos na modalidade presencial ou e-learning credenciados pelo EXIN, ou ainda estudar sozinho utilizando o material de apoio que a instituição disponibiliza para download.

O exame é composto por 40 perguntas, e para ser aprovado o candidato deve acertar 26 delas. O valor da candidatura é flexível, começando a partir de U$232 (na opção que contém apenas o teste) e variando de acordo com a instituição de ensino escolhida para a capacitação. Se o candidato não desejar participar de um curso, precisará pagar apenas pelo teste.

ASM® pelo EXIN

Além da certificação ASF, o EXIN também oferece outras certificações dentro do programa de princípios ágeis e Scrum, como a ASM® (Agile Scrum Master®). Se você já tem uma certificação SCRUM mais básica e está buscando por uma certificação específica para evoluir como Scrum Master, essa é uma boa alternativa

Como o conteúdo do treinamento obrigatório tem como foco o papel do Scrum Master dentro do framework, essa certificação é destinada a profissionais de Scrum que estão em posições de gestão, principalmente em projetos de TI e de desenvolvimento de software.

Além disso, o curso que o ASM® deve realizar envolve conceitos sobre estimativa, planejamento, monitoramento e controle segundo os princípios ágeis, sobre projetos complexos e sobre como adotar o mindset ágil na prática.

Nessa certificação, como o conhecimento é mais aprofundado, é obrigatório realizar um curso credenciado antes de realizar o teste, seja ele online ou presencial. Assim como as outras opções de certificação do EXIN, o exame pode ser feito online e monitorado por webcam. O valor para realizá-lo é de U$268.

PSM I pela Scrum.org

Uma das mais famosas certificações Scrum, a Professional Scrum Master I é o primeiro nível de certificações concedidas pela Scrum.org, a instituição apoiada pelos idealizadores do framework, Ken Schwaber e Jeff Sutherland.

O exame para o PSM I não exige um curso credenciado para ser realizado, mas recomenda-se que o candidato leia o Scrum Guide (disponível online) antes de fazê-lo, pois o conhecimento testado no exame é baseado neste manual. Aliás, a Scrum.org oferece uma série de materiais de estudo para que o profissional se prepare para o teste, que você pode acessar aqui.

Segundo o site da organização, a prova para tornar-se um PSM I busca verificar se o candidato consegue refletir e interpretar o Guia Scrum para aplicá-lo no dia a dia, bem como se ele tem as competências esperadas de um profissional Scrum.

Para obter a aprovação, é necessário acertar pelo menos 85% da prova para passar, o que equivale a 68 questões de 80, e a taxa para fazê-la é de U$150.

PSM II pela Scrum.org

O segundo nível da certificação PSM tem algumas diferenças do PSM I, a começar pela profundidade do conhecimento requerido. Para obter essa certificação, além de conhecer o Scrum Guide de trás para frente, é necessário contar com uma experiência considerável no uso do Scrum no dia a dia para resolver problemas complexos e avançados. Já o percentual de acertos é o mesmo da categoria anterior, 85% da prova.

Como o exame para PSM II é considerado avançado e difícil de passar, a própria organização recomenda fortemente que os candidatos participem de um treinamento PSM II antes de responder a prova. Nesse curso de dois dias, os participantes aprendem a agir como professores, coaches, facilitadores e agentes de mudança no Time Scrum, e também como tomar melhores decisões tendo o framework como base.

Portanto, essa é mais uma opção interessante se você já trabalha como Scrum Master há pelo menos um ano e deseja construir uma carreira na área.

A taxa paga para realizar o curso, que tem uma carga horária de 16 horas, já inclui uma oportunidade para realizar o exame, e o valor fica em torno de R$2.000.

PSM III pela Scrum.org

O PSM III é o terceiro e último nível do programa de certificações PSM da Scrum.org. Assim como na certificação PSM II, a organização recomenda que o candidato participe de um treinamento especializado para poder fazer o teste, que é ainda mais complexo que o anterior. Apenas os profissionais que foram certificados como PSM I ou PSM II podem obter essa certificação.

Um profissional PSM III deve ter profundo conhecimento e experiência comprovados e estar preparado para lidar com qualquer tipo de problema no dia a dia de um Time Scrum, bem como atuar como mentor e treinar pessoas ou times que estão adotando o Scrum.

Para comprovar estes conhecimentos, o candidato deve obter 85% de aproveitamento no teste, que é composto de 34 questões de múltipla escolha e uma redação, além de pagar uma taxa de U$500 para acessá-lo.

Nenhuma das certificações da Scrum.org precisa ser renovada depois de um período, o que significa que uma vez que você obtém uma certificação (seja ela de nível I, II ou III), você a terá para sempre.

CSM® pela Scrum Alliance

A certificação Certified ScrumMaster® da Scrum Alliance é uma das primeiras certificações SCRUM, no mercado desde 2002. Nessa certificação, o foco está em entender o framework Scrum profundamente, os papéis, eventos e artefatos que o compõem e comprovar esse conhecimento.

Para obtê-la, é necessário comparecer a um curso presencial de 16 horas credenciado pela Scrum Alliance e ser aprovado no teste aplicado pela instituição, respondendo pelo menos 37 das 50 questões corretamente em um tempo máximo de 60 minutos. O valor do curso já inclui a tentativa de resposta ao teste, e fica em torno de R$2.000, variando conforme o treinador.

Como consta no site da Scrum Alliance, além de aumentar o conhecimento dos certificados nas práticas ágeis, o objetivo da certificação CSM® é expandir as oportunidades de carreira e interagir com outros profissionais da área, o que se torna possível com o curso presencial obrigatório.

A-CSM® pela Scrum Alliance

O segundo passo na trilha de certificação da Scrum Alliance é a A-CSM®, ou Advanced ScrumMaster®. Assim como no nível anterior, a Scrum Alliance exige que o candidato participe de um curso credenciado para realizar o teste. Outros requisitos para dar entrada no processo são:

  • Contar com a certificação CSM®;
  • Ter pelo menos 12 meses de experiência como Scrum Master nos últimos 5 anos

Como benefícios de se tornar um A-CSM®, o profissional aumenta suas habilidades em lidar com problemas na equipe (como falta de motivação, indisponibilidade de pessoas chave e até mesmo resistência a mudanças), melhorar o diálogo entre o Time Scrum, o Product Owner e os stakeholders e aumentar o engajamento, como forma de encorajar a prestação de contas e o comprometimento com as atividades na equipe.

CSP-SM® pela Scrum Alliance

Depois de concluir a certificação A-CSM®, você pode seguir para o nível mais avançado oferecido pela Scrum Alliance, que é o CSP-SM® (Certified Scrum Professional® – ScrumMaster).

Com essa certificação, o candidato aprimora a maneira que aplica o Scrum no seu ambiente de trabalho, tem acesso a eventos exclusivos para CSPs e recebe uma assinatura premium para acessar a comunidade Comparative Agility®.

Os requisitos para tornar-se um CSP-SM® são: ser um profissional A-CSM®, participar de um treinamento credenciado pela instituição e validar pelo menos 24 meses de experiência como Scrum Master nos últimos cinco anos. Não é necessário prestar exames ou pagar taxas para ingressar no processo, só o valor do treinamento credenciado. Porém, apenas assistir ao curso não é o suficiente: o aluno deve concluir com sucesso todas as atividades solicitadas pelo treinador.

Todas as certificações conferidas pela Scrum Alliance (CSM®, A-CSM® e CSP-SM®) precisam ser renovadas a cada dois anos. Para isso, o certificado deve pagar uma taxa de U$100 e comprovar envolvimento com a comunidade ágil por meio de créditos chamados de SEU® (Scrum Education Units®).

Os SEU® equivalem a uma hora de aprendizado em Scrum, e podem ser obtidos de várias formas — lendo livros, blogs e artigos sobre o framework, assistindo a webinars, comparecendo a eventos Scrum, e assim por diante. Não há um número mínimo de créditos para poder renovar a certificação.

SFC pela SCRUMStudy™

A SCRUMStudy™ é uma organização que tem como objetivo difundir o conhecimento sobre o Scrum de maneira global, tanto é que distribui o Guia SBOK™ (um corpo de conhecimento em Scrum) gratuitamente através da internet em vários idiomas.

Além disso, a instituição oferece uma certificação gratuita para incentivar o estudo do framework, a SFC (Scrum Fundamentals Certified). Nessa certificação de base, o candidato tem acesso a aulas online para se preparar para o exame, que também não é cobrado, e pode aprender o básico do Scrum com professores qualificados e bem preparados. Se você está começando a se familiarizar com esta metodologia ágil, a SFC é uma ótima oportunidade.

O teste é feito online e tem 40 questões de múltipla escolha, das quais pelo menos 30 precisam ser respondidas corretamente, e a duração máxima é de 60 minutos. Não há pré-requisitos para participar do processo, e para manter a certificação SFC é necessário apresentar pelo menos 10 créditos de recertificação (RCUs, ou Recertification Units) a cada três anos.

SMC pela SCRUMStudy™

A última certificação da nossa lista é um nível mais avançado de certificados emitidos pela SCRUMStudy™, o Scrum Master Certified. Profissionais interessados em se tornar Scrum Masters são o público alvo.

Não há pré-requisitos para se candidatar a essa certificação, embora a organização informe que é preferível que o profissional seja certificado como SDC (Scrum Developer Certified). Além disso, a SCRUMStudy™ sugere que os candidatos participem de um treinamento credenciado online para se preparar para o exame — aliás, quem participa do treinamento recebe um voucher para realizar o exame sem precisar pagar taxas.

O exame do SMC tem o valor de U$450 (para quem não participa do treinamento credenciado) e é composto de 100 questões, sendo que o candidato tem 120 minutos para respondê-lo.

A renovação da certificação deve ser feita a cada três anos, mediante apresentação de pelo menos 40 RCUs.

Como você pode ver, há uma grande variedade de certificações SCRUM no mercado, cada uma com sua particularidade. As mais complexas requerem cursos preparatórios, enquanto as básicas apenas uma quantidade X de respostas corretas nos exames.

Porém, de modo geral, o objetivo das certificações SCRUM é preparar os profissionais para lidar com problemas no dia a dia da equipe e maximizar suas habilidades como o líder servidor que o Scrum Master deve ser.

Quer aprender mais? Temos um guia completo que explica a história do framework, qual é o papel de cada envolvido nos projetos e muito mais. Acesse e descubra tudo sobre Scrum!