Gerente de Projetos: tudo sobre a profissão

Texto sobre gerente de projetos

Muitas vezes, os projetos de uma empresa podem apresentar problemas no planejamento e na execução, o que dificulta o sucesso dessas iniciativas. É aí que entra o papel de um Gerente de Projetos. Esse profissional vai gerenciar todo o trabalho e dar suporte para que a equipe possa desempenhar as atividades com eficiência e bons resultados. 

Neste post, você conhecerá um pouco mais sobre o papel de um Gerente de Projetos, seu perfil e como tornar-se um. Vamos lá! 

O que faz um Gerente de Projetos? 

Um Gerente de Projetos é o profissional que define papéis, atribui tarefas, acompanha e documenta o andamento da equipe de projetos através de ferramentas e técnicas apuradas, administra investimentos e integra as pessoas para trabalharem juntas por um só objetivo. Também é função dele monitorar possíveis riscos e estar sempre preparado para mudar de estratégia rapidamente, se necessário. 

O Gerente de Projetos traça os objetivos para um projeto ou diversos, estabilizando o foco para atingir os melhores resultados. 

O profissional deve ser capaz de motivar uma equipe, resolver conflitos e distribuir corretamente tarefas de acordo com as habilidades e qualificações do time. 

Há dois tipos de competências que um Gerente de Projetos precisa ter. São elas: 

Competências técnicas 

Esse tipo de competência está atrelado à capacidade de criar e aplicar de boas práticas de gestão de projetos. 

Esses conhecimentos podem incluir as boas práticas listadas no PMBOK®, por exemplo, além de conhecimentos em metodologias específicas, como Scrum ou Cascata. Saber utilizar ferramentas auxiliares como Excel, MS Project, e AutoCAD também é um tipo de competência técnica. 

O PMBOK® lista 10 áreas do conhecimento importantes para um Gerente de Projetos dominar. São as seguintes: 

  • Qualidade; 
  • Escopo; 
  • Tempo; 
  • Comunicação; 
  • Custos; 
  • Recursos humanos; 
  • Aquisições; 
  • Riscos; 
  • Integração; 
  • Partes interessadas. 

Competências comportamentais 

Por último, porém não menos importantes, as competências comportamentais envolvem as características da personalidade do Gerente de Projetos. As competências comportamentais influenciam nas práticas de liderança e nos relacionamentos interpessoais. 

Capacidade analítica, carisma e habilidade de comunicação são algumas das competências comportamentais mais importantes. 

O perfil de um Gerente de Projetos 

Um Gerente de Projetos deve ter organização, agilidade na tomada de decisões e visão para calcular riscos. Deve ser inspirador para sua equipe, saber planejar minuciosamente cada passo, ser flexível para mudar de estratégia (se necessário) e rápido para reorganizá-la. Bons gerentes são capazes de inspirar e motivar sua equipe além do esperado. Eles sabem como gerenciar pessoas e incentivá-las a usar o que têm de melhor em nome do projeto.  

Ou seja: o Gerente de Projetos é, acima de tudo, um líder. A comunicação é um ponto chave para abrir as oportunidades e ter clareza em seus objetivos com todos. O profissional também deve manter-se em constante aprendizagem, para ficar atualizado sobre as metodologias de projetos ou novas dinâmicas, como exemplo.  

Ter um lado negociador também é importante, tendo em vista a excelência em coordenar processos, saber avaliar riscos e manter o foco nos resultados. 

Veja mais: Gestão de projetos de TI: etapas, dicas, principais metodologias e como escolher a ferramenta ideal 

Soft Skills  

As Soft Skills são peças fundamentais. Elas constroem a comunicação que auxilia o profissional a ter um bom diálogo com todos aqueles que estão direta e indiretamente envolvidos em seus projetos. Em suma, as tais negociações são dadas com mais leveza e tornam-se simples para ter o objetivo esperado por todos. 

Entretanto, é importante o trabalho contínuo com as soft skills. Como o Gerente de Projetos atua o tempo todo com pessoas ao redor, ele deve estar preparado para enfrentar desafios diários, como os projetos corporativos. 

E além dessas características, é imprescindível que o Gerente de Projetos invista em certificações. Vamos falar mais sobre isso no tópico a seguir: 

Como se tornar um Gerente de Projetos? 

Para ser um Gerente de Projetos, é preciso ter todas as características listadas acima, um diploma de graduação em qualquer área e ir atrás de uma oportunidade no mercado. Se você tem um MBA na área já sai na frente, mas as empresas valorizam mesmo quem tem uma certificação do Project Management Institute (PMI). 

PMI é uma associação internacional sem fins lucrativos, criada para unir os profissionais e empresas da área de gerenciamento de projetos. Ela oferece 6 certificações para gerência de projetos, cada uma de acordo com o nível de especialização e tempo de experiência que o profissional tem no mercado: 

Certificação PMP – Profissional de Gerenciamento de Projetos 

Certificação CAPM – Técnico Certificado em Gerenciamento de Projetos 

Certificação PgMP – Profissional de Gerenciamento de Programas 

Certificação PMI-SP – Profissional em Gerenciamento de Cronograma do PMI® 

Certificação PMI-RMP – Profissional em Gerenciamento de Riscos do PMI® 

Certificação PMI-ACP – Profissional Certificado em Métodos Ágeis do PMI® 

A importância das certificações para o profissional de Gerente de Projetos 

É importante saber o que faz um Gerente de Projetos e conhecer as diferentes estratégias de atuação desse profissional. E parte dessa ação pode ser feita com o apoio de cursos, webinars, ou informações divulgadas por órgãos de mercado. 

Para transformar esse conhecimento em dados e, logo, um fator para atrair novas vagas, o profissional deve investir nessas certificações. Elas atestam a capacidade da pessoa de estar apta para o posto, fora ensinar a atuar em um cargo com determinadas metodologias e regras de um padrão de gerenciamento. 

Em diferentes palavras, essas certificações servem como a validação da habilidade do profissional de atuar na área. Elas devem ser obtidas mesmo com profissionais que possuem uma graduação na área, uma vez que servem para reforçar os conhecimentos da pessoa durante um recrutamento. 

Esses certificados de especializações são a melhor das opções para incrementar a didática e ampliar o conhecimento do profissional. Mas o que um Gerente de Projetos fará por uma empresa? 

Gerente de Projetos: a profissão do futuro 

O Brasil será o quinto país que mais vai demandar esses profissionais, com 1,3 milhão de novas vagas abertas nos próximos 6 anos. Essa demanda do mercado também reflete na educação: novos cursos de gerência de projetos estão sendo abertos e a procura está para aumentar. 

Quanto um Gerente de Projetos ganha? 

Segundo dados do site Glassdoor atualizados no dia 21 de April de 2021, um Gerente de Projetos pode ganhar em média R$ 170.000 por ano! Como um bom exemplo, a posição na empresa de informática IBM ganha por volta de R$ 10.021,00 por mês.  

O piso de um Gerente de Projetos segundo o Portal Vagas é de, em média, R$ 5.600,00 e, conforme o progresso, pode chegar até R$ 12.000,00. Um dos diferenciais que podem influenciar nesse progresso profissional é o domínio de alguma língua estrangeira, mas principalmente a língua inglesa. 

As empresas estão cada vez mais a procura gerentes de projetos qualificados, pois já perceberam a importância do profissional para o sucesso das iniciativas. Cabe a eles uma série de funções indispensáveis para o sucesso dos projetos. Vamos ver quais são? 

As principais funções de um Gerente de Projetos: 

  1. Gerir o cronograma

O gerente de projetos deve gerenciar o cronograma para garantir que o projeto será concluído no prazo. 

Fazer a gestão do cronograma também exige que o profissional elabore os planejamentos bem claros, e consiga habilitar as demais pessoas que estão envolvidas no projeto e que são fundamentais para que ele dê certo. 

  1. Identificar, gerir e resolver os principais problemas

Ocupar a posição de líder significa acompanhar todo o trabalho que é desenvolvido pela sua equipe, fator crucial para identificar, gerir e resolver os principais problemas que surgirem durante a execução do projeto, como atrasos ou movimentação de colaboradores. 

Dessa forma, o profissional pode solucionar os erros em tempo hábil, evitando que ele perdure até a entrega da tarefa e acabe prejudicando o resultado, causando insatisfação para o cliente. 

  1. Definir e obter métricas apropriadas

Para verificar se um projeto está andando conforme o planejado, é necessário ter parâmetros claros que ajudem a alcançar essa resposta. Por isso, também é função do gestor de definir e obter as métricas apropriadas para certificar-se corretamente a respeito do progresso e da qualidade dos entregáveis produzidos. 

  1. Divulgar as informações para as partes interessadas

A comunicação é considerada o ponto fraco de muitos projetos. Sendo assim, é preciso contar com um processo de comunicação que seja aberto e o mais transparente possível. Com base nisso, o gestor tem que divulgar as informações da iniciativa para todas as partes interessadas. 

Ao fazer com que as informações cheguem aos stakeholders de forma clara e eficiente, ele evita falhas na comunicação que possam comprometer uma ou todas as etapas da atividade. 

O que um Gerente de Projetos não faz 

O trabalho de um gestor de projetos é garantir o sucesso das tarefas, ajustando prazos, delegando ações entre a equipe e melhorar a comunicação. 

Entretanto, o profissional não responsabiliza outros por problemas do projeto, pois ele deve ter em mente que tem o projeto em mãos, portanto o Gerente de Projetos é a chave para o sucesso ou até do fracasso do projeto, caso venha a acontecer. 

Um Gerente de Projetos não deve causar estresse para o ambiente de trabalho, mas sim amenizar e deixar o espaço confortável para todos trabalharem da melhor forma possível. 

Com isso em mente, ele deve evitar o micro gerenciamento. Ou seja, ficar “em cima” dos colaboradores a cada passo que dão. Em outras palavras, é preciso permitir que os profissionais conquistem autonomia com responsabilidade e autoridade. 

Além disso, o Gerente de Projetos não deve desprezar os riscos do projeto, identificando-os e criando planos de resposta a eles desde o início. 

Veja mais: Qual a importância da gestão de projetos para uma empresa? 

Conseguiu entender como funciona o trabalho do gerente de projetos? Para entender de forma ainda mais profunda, assista ao nosso webinar gratuito sobre o papel do Gerente de Projetos para uma empresa. Neste webinar, damos várias dicas para você que busca contratar ou se tornar um bom Gerente de Projetos. Clique no banner abaixo e assista!