diferença entre Patrocinador e Cliente

A definição de patrocinador nos leva a pensar sempre em dinheiro, recursos financeiros. Este raciocínio também pode nos conduzir a uma interpretação equivocada de quem é o patrocinador.

Isto faz com que a maioria pense no cliente como o patrocinador quando falamos de um projeto que envolva o faturamento, como em empresas de serviços, obras, consultoria. Afinal é ele que provê os recursos financeiros, certo?

Acompanhe o seguinte cenário:

Você está num projeto deficitário, em função de desvios de desempenho, problemas de escopo, ocorrência de riscos não planejados, enfim, motivos diversos. A receita proveniente do seu cliente não cobre o custo do projeto, mas você tem um contrato para cumprir. O rompimento deste contrato seria péssimo para a imagem da sua empresa, além de ilegal (é um contrato!) e antiético (é um compromisso!). Quem garante recursos organizacionais para o seu projeto?

O patrocinador, que não pode ser o cliente neste caso.

Em artigo anterior desta série, propus substituir “recursos financeiros” por “recursos organizacionais” na definição do conceito de patrocinador:

“Recursos organizacionais: não é só dinheiro. Projeto precisa de gente, equipamentos, atendimento em áreas de suporte, enfim, dinheiro não resolve tudo, ele precisa garantir que o aparato organizacional trabalhe em favor do projeto e poderá ser acionado caso a equipe do projeto não consiga este acesso sozinha.”

Então precisamos separar a figura do cliente e do patrocinador. São dois papéis distintos. Em muitos projetos, ambos os papéis podem ser acumulados pela mesma pessoa, especialmente em projetos internos, mas precisamos entender distintamente os papéis para não criar esta confusão.

O cliente é a pessoa ou organização que receberá os produtos e/ou serviços entregues pelo seu projeto. Os usuários serão as pessoas que utilizarão estes produtos e serviços. Em alguns projetos é importante identifica-los distintamente (cliente e usuários).

Portanto, recomendo cuidado na definição das partes interessadas do seu projeto. Este engano de classificação poderá causar problemas futuramente e deixar o gerente do projeto perdido ao lidar com dificuldades, principalmente se as coisas não estiverem bem.


Precisa de ferramentas para melhorar a colaboração dos seus stakeholders?

Conheça o Artia – um software web para gerenciar projetos.

Elimine a ociosidade incentivando a equipe com Gamification

Webinar com dicas para engajar a equipe e mante-la focada nos resultados esperados com Gamification

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

O conceito de Gamification e por que 40% das 1000 empresas mais bem-sucedidas do mundo usam essa estratégia. Exploraremos algumas estratégias e como aplica-las no dia-a-dia da sua empresa e também cases de marcas que estão fazendo história!